Comentários

Um antigo estábulo em pastagens espanholas

Um antigo estábulo em pastagens espanholas

Na província de Cáceres, na Espanha, na encosta, há um velho celeiro abandonado. Anteriormente usada como refúgio quando as vacas estavam em um pasto alto, foi completamente transformada pelo escritório de arquitetura Abaton em uma casa de campo com vistas deslumbrantes da natureza espanhola, isoladas de tudo. Mudança de cenário garantida!

Como um hangar reabilitado


Arquitetura ÁBATON e Belen Imaz / BATAVIA Quando eles reabilitaram o antigo estábulo, os arquitetos dos estúdios Ábaton optaram por manter a estrutura original do edifício. Assim, encontramos as grandes portas de hangar de chapa metálica. Uma vez fechado, é impossível adivinhar que está escondido atrás de uma incrível segunda casa.

Piscina com vista


ÁBATON Architecture e Belen Imaz / BATAVIA Na frente do estábulo, o estúdio Ábaton instalou uma piscina. Quando você mergulha lá, pode apreciar a incrível vista dos pastos espanhóis. Bonito e ecológico, também serve como tanque de recuperação de água e abastece a casa.

Couro e concreto


ÁBATON Architecture e Belen Imaz / BATAVIA A fim de preservar o espírito natural do antigo celeiro, os arquitetos escolheram matérias-primas e naturais, tanto para a arquitetura interna do edifício quanto para sua decoração. Esta foto é o exemplo perfeito: podemos ver um belo teto de concreto e poltronas de madeira e couro.

Na sala de estar, elementos heterogêneos


Arquitetura ÁBATON e Belen Imaz / BATAVIA Articulada em torno de uma lareira ultramoderna, a sala é composta por elementos heterogêneos que lhe conferem um charme muito especial. Diferentes materiais e móveis são misturados lá. Assim, encontramos lado a lado um sofá de couro cor de vinho, poltronas brancas, uma mesa de centro de madeira clara e um sofá têxtil cinza.

Um segundo andar aberto no térreo


Arquitetura ÁBATON e Belen Imaz / BATAVIA Antes de reabilitar o estábulo, o estúdio Ábaton destruiu completamente o interior original porque estava em péssimas condições. Seus arquitetos então deram rédea livre à sua imaginação e criaram um interior original. O piso é assim distinguido pelo contraste entre madeira de carvalho e concreto. Entre os quartos, uma passarela de metal está aberta no térreo.

Madeira na sala de jantar


ÁBATON Architecture e Belen Imaz / BATAVIA O teto da casa é totalmente coberto com uma bela madeira clara. Na sala de jantar, em torno de uma longa mesa branca, estão dispostas cadeiras bonitas, também de madeira. Essa predominância de material natural confere à sala um aspecto escandinavo, mas também calmante.

A cozinha e seu bar, seguidos


ÁBATON Architecture e Belen Imaz / BATAVIA O espaço interior da casa é espaçoso e refinado. Perto da sala de jantar, encontramos a cozinha e seu bar, seguidos. Definitivamente, não faltam lugares.

Pedra natural no chão


ÁBATON Architecture e Belen Imaz / BATAVIA O piso térreo é totalmente coberto de pedra natural, excelente para manter a frescura. Encontramos este belo material natural nas escadas que levam ao andar de cima.

Toques de azul no quarto


ÁBATON Architecture e Belen Imaz / BATAVIA Como o resto da casa, decorada pela empresa Batavia, o design do quarto principal é muito refinado. As cores claras das paredes e do piso proporcionam uma luz bonita. Os toques de pato azul, é preciso calor. Projeto arquitetônico e construção: ÁBATON Arquitetura e design de interiores: ÁBATON e BATAVIA